#TBT

Hoje o #TBT é da musa Jennifer Lopez! Relembre a trajetória da artista

Foto: Reprodução/Instagram

Por: Thuane Kuchta

Aos 49 anos, Jennifer Lopez mostra a cada ano que o tempo só lhe fez bem. J-Lo, como é carinhosamente chamada, não à toa recebeu uma das maiores honrarias do VMA este ano, o prêmio Michael Jackson Vanguard, pelo conjunto da obra, ontem também apresentou um show incrível que reuniu todos os seus sucessos.

E para continuar homenageando essa mulher que é cantora, dançarina, apresentadora, produtora e empresária, hoje o #TBT é especial J-Lo!

O começo

Filha de porto-riquenhos, Jennifer Lynn Lopez nasceu no Bronx, bairro de Nova York, dia 24 de julho de 1969.

Aos cinco anos começou a fazer aulas de canto e dança. Após formar-se na escola, Jennifer chegou a trabalhar por alguns meses em um escritório de advocacia, mas sem abandonar as aulas de dança.

Carreira de atriz

Apesar dos dotes musicais latentes, Jen começou sua carreira como atriz. Aos 18 anos, pôde atuar em seu primeiro filme, “My Little Girl“. Mas como foi como protagonista de “Selena” (1997), que sua carreira de atriz deslanchou, passando a protagonizar filmes de Hollywood como “Anaconda“, “The Cell” e “Shall We Dance“.

O primeiro CD: “On the 6”

Seu primeiro sucesso expressivo como cantora aconteceu em 1999 com o lançamento de “On the 6″. O álbum recebeu disco de platina em apenas dois meses e alcançou a marca de cinco milhões de cópias só nos Estados Unidos, meu bem!

O hit “If You Had My Love” alcançou o topo das paradas de sucesso da Billboard e da MTV, permanecendo no topo da parada por nove semanas.

E aqui vai uma curiosidade: O nome do disco foi escolhido em homenagem ao trem que ela pegava todos os dias para ir aos testes como atriz e bailarina que fazia. Fofo né?

“J-LO”

O álbum seguinte, lançado em 2001, recebeu Disco de Platina na semana de lançamento em vários países.

Suas canções foram transformadas em remixes e foi lançado no ano seguinte o “J To Tha L-O! The Remixes“. Sendo a primeira vez em que um álbum de releituras alcançava o topo da parada pop.

Featured

J.Lo é boa de parcerias, e uma de suas maiores químicas certamente foi com Ja Rule. A primeira confirmação foi no remix de “I’m Real”. 

A escolha de Lopez no look também foi um sucesso, já que o macacão de veludo cor-de-rosa era um item básico do verão naquela época!

Separamos outro feature com um rapper que deu muito certo:

“This is Me… Then”

This is Me… Then” foi lançado meses depois e vendeu mais do que qualquer outro de seus discos.

O álbum continha a faixa “Dear Ben”, feita em homenagem ao ator hollywoodiano Ben Affleck, com quem Jennifer foi casada.

O disco teve a impressionante quantidade de cinco singles lançados, todos eles alcançando posições altas nas votações musicais. Em 2003 foi a vez de lançar um DVD combinando sua presença no palco e suas canções em “Let’s Get Loud”.

“Rebirth”

Em 2005 foi a vez de “Rebirth”. O álbum teve dois singles lançados, “Get Right”:

E “Hold You Down” com Fat Joe:

E a carreira de atriz continuava muito bem obrigada! J.Lo chegou a contracenar inclusive com atrizes como Jane Fonda.

“Brave”

O álbum “Brave” estreou na Billboard 200 no #12 e teve pouco mais de 53.000 cópias vendidas na semana de seu lançamento, sendo considerado o disco menos expressivo de sua carreira.

“Love?”

Love?” foi um daqueles discos que carregaram consigo uma grande pressão por parte da mídia e público em geral. Isso porque, após alguns discos flopados e mudança de gravadora, Jennifer Lopez retornava em 2011.

E ela chegou com tudo às paradas de sucesso com o single de estreia que atingiu a #5 na Billboard Hot 100.

Sim, estamos falando da música “On The Floor”.

O álbum também contou com “I’m Into You” com a participação de Lil Wayne e “Papi”.

“A.K.A”

Em 2014 veio “A.K.A”. Para quem não sabe, a expressão. significa “Also Known As”, algo do tipo “Mais conhecido como”, o que se enquadra perfeitamente neste material, uma vez que o nome apresentado em sua capa não é Jennifer Lopez, e sim JLo, como também é conhecida.

O álbum trouxe algumas parcerias como essa com Iggy Azalea, com um clipe bem abundante! rs

Ninguém para J-LO

Talento confirmado pelos números citados, Lopes ainda tem uma grife de roupas e uma marca de perfume “Glow” que fez história em 2001, por ter sido o perfume mais vendido em nove países por mais de quatro meses.

Sua versatilidade lhe rendeu a entrada na seleta lista de maiores fortunas do mundo do entretenimento, com a quantia estimada de 255 milhões de dólares.

Além de atriz, dançarina, cantora, compositora, ela ainda é uma diva carismática, uma estrela de Hollywood e da música mundial.

Uma eterna diva!

Hoje o #TBT é da musa Jennifer Lopez! Relembre a trajetória da artista
To Top