#TBT

#TBT Pitty: Relembre a trajetória da cantora e sua banda!

Por: Thuane Kuchta 

Ninguém previa isso, mas de repente o cenário do rock brasileiro seria tomado por uma voz forte, e o melhor, feminina! O nome dessa voz? Priscilla Novaes Leone. E hoje o #TBT é dela!

É, talvez se não fosse pelo título da matéria você não saberia de quem se trata, mas se eu dissesse que falo de uma baiana, rockeira, talentosíssima e empoderada cantora, que desde de 2003 ganha cada vez mais admiradores, não só pela sua música mas também pela suas opiniões, te entregaria o outro de bandeja não é?

Pois o #TBT do dia é da rainha Pitty, então bora lá relembrar a trajetória dessa cantora que nos enche de orgulho.

pitty

Filha de músico e dono de bar, Pitty passou sua infância na cidade de Porto Seguro – BA. A menina que adorava ouvir Raul Seixas, Beatles, Elvis Presley, Nirvana e Lou Reed, queria também fazer música, e foi entre 1995 e 1997 que como baterista, integrou a banda Shes. Mas foi na banda Inkoma que Pitty iniciou sua carreira como vocalista, aprendeu a tocar violão e começou a compor.

Em 2003, foi procurada pelo produtor musical Rafael Ramos, que pediu uma fita com suas composições em voz e violão. E nesse mesmo ano foi formada a Banda Pitty.

Quebrando estereótipos de lugar e de gênero, Pitty começa sua carreira impressionando a todos com o lançamento do seu primeiro disco, “Admirável Chip Novo” – uma clara homenagem ao livro Aldous Huxley.

Tanto as músicas quanto os próprios clipes falavam sobre um futuro hipotético bem “Black Mirror”. Nele, Pitty questionava isso das pessoas serem pré-condicionadas, tanto biológica quanto psicologicamente, a viverem respeitando regras sociais estipuladas sem questionamento. Resultado? O álbum impressionou o público e foi o mais vendido daquele ano.

“Lembro dos questionamentos acerca do que deveria ser o primeiro single. “Máscara? tá doida? a música tem quase 5 minutos, parte em inglês, muro de guitarra no refrão. não vai tocar em lugar nenhum” – a intuição dizia que tinha que ser essa. e foi” – Pitty

E não podemos esquecer de Equalize”, “Admirável Chip Novo”, “Teto de Vidro”, e  “Semana que vem”.

Pitty estava em todo lugar! E não demorou muito pra ela ganhar cada vez mais espaço na lendária MTV. Quem aí lembra do Familia MTV que mostrava o dia a dia de diversos artistas com uma série de episódios durante a semana? Bateu saudades né! Então se liga só no primeiro EP com a Pitty!

“Admirável Chip Novo” abriu muitas portas para a banda, e esse ano, o CD completou seus 15 anos!

Em 2005 veio “Anacrônico”, alcançando o número de 700 mil cópias vendidas. O disco manteve a qualidade de Pitty e sua banda, tendo a sua setlist pontuada por uma série de singles como “Anacrônico”, “Memórias”, “Dejà Vu” e “Na sua Estante” – que contava a história de uma desilusão amorosa e que transformou os dizeres “Eu estava aqui o tempo todo, só você não viu” frequentes em frases nos falecidos Orkut e MSN.

Em 2007, foi a vez do CD/DVD “{Des} Concerto ao Vivo”  feito em parceria com a Nokia, que lhe rendeu o Prêmio Celular de Platina. Este foi o primeiro álbum ao vivo da cantora, e além dos maiores sucessos, ainda contava com duas canções inéditas: “Pulsos” e “Malditos Cromossomos”.

O álbum “Chiaroscuro” – nome vindo de uma técnica de pintura de Leonardo da Vinci – foi lançado em 2009 e teve o single “Me adora” como uma das canções mais ouvidas no ano. A canção Fracasso com ritmo que lembra grupos mais contemporâneos, como o Strokes, não ficou muito atrás.

Esse foi o último álbum com o baixista Joe, após a sua saída em 2013.

“… Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber…” 

Dois anos depois Pitty lançava seu segundo álbum ao vivo, “Trupe Delirante”, indicado como melhor álbum de rock pelo Grammy Latino. E nesse mesmo ano nascia o projeto paralelo “Agridoce”, com fusão musical entre o rock e o folk, formado pela cantora em dueto com o guitarrista Martim.

agridoce-pitty

Foto: Musica-Uol

Em 2014, Pitty iniciava mais uma turnê, dessa vez com o álbum “Setevidas”, e no mesmo ano era lançado o livro “Pitty – Cronografia: Uma Trajetória em Fotos”, um relato visual de todas as fases de sua carreira.

E não é que ela voltou esse ano com tudo?

Pitty quebrou um longo jejum dos palcos e anunciou nova turnê que começa em Agosto desse ano! E foi em sua rede social, na última terça-feira (05), que nos surpreendeu com o primeiro single  dessa nova fase, intitulado “Contramão”  e gravado em parceria com as cantoras Tássia Reis e Emmily Barreto. 

A canção foi produzida por Rafael Ramos e mixada por Tim Palmer que já trabalhou com ninguém mais ninguém menos que: Pearl Jam, Ozzy Osbourne e U2 – Segura essa bronca!

Se não viu o clipe ainda, vem ver!

#GIRLPOWER 

E vale lembrar que a Pitty faz parte do elenco do “Saia Justa”, programa do Canal GNT, que passa ao vivo todas às quartas-feiras, às 21h30. Vale muito a pena, afinal, a baiana Pitty bota sua personalidade em tudo o que faz, e é sempre um privilégio vê-la e ouvi-la! <3

Ps. A reação da Pitty é a melhor.

#TBT Pitty: Relembre a trajetória da cantora e sua banda!
To Top