André Dutsch. Foto: Divulgação
Brasil

André Dutsch lança ‘Nada é Normal’, imponente faixa com menção às causas LGBTQ+

Foto: Divulgação



Todos merecem respeito. Seja por raça, cor, credo, religião, ou diversidade sexual, as pessoas buscam, não por aceitação, mas a seguridade de seus direitos. Em um país onde um LGBTQ+ morre a cada 16 horas, apenas por sua questão sexual, segundo levantamento da ONU, vozes imponentes devem lutar por igualdade, e é esta abordagem pró-aceitação que o cantor André Dutsch vem trazendo para “Nada é Normal”, segunda faixa de sua carreira.

Produzida pelo aclamado produtor Christopher Luz, e composta em parceria pelo próprio André Dutsch ao lado de seu parceiro de trabalho, o cantor Magíster, “Nada é Normal” assegura a busca por um mundo igualitário, promovendo empoderamento à estes indivíduos.

PUBLICIDADE

Trazendo um trabalho único no Brasil, e com sonoridade bastante presente, André diz que um pouco de suas influências são cantores assumidamente LGBTQs, como o cantor Troye Sivan.

André Dutsch. Foto: Divulgação

André Dutsch. Foto: Divulgação

“Fico feliz que tenha identificado uma sonoridade única, pois, desde o inicio essa foi a maior exigência que fiz a meu produtor Christopher Luz. Me inspiro em artistas como Troye Sivan, Years and Years e a própria Mama RuPaul (RuPaul Charles). Além de ter uma família musical inspiradora, que me auxilia muito em minhas produções” – André Dutsch.

Traçando um contraponto e fugindo da questão de vitimar a militância, “Nada é Normal” surge como um hino de perseverança.

“Os LGBTs ficaram reprimidos por muito tempo. Ficamos escondidos por medo, insegurança, ou por imposição de uma grande massa. As pessoas precisam se conscientizar do poder que assumem ao se mostrarem ao mundo como um LGBT, e precisam ter em mente que, pra sermos aceitos e respeitados, precisamos nos auto conhecer, e principalmente nos amar. São através dos nossos atos que conquistamos esse tão sonhado respeito. Sinto que com minha voz, posso ajudar pessoas a se empoderarem, e com isso, conquistarem tudo o que quiserem” – André Dutsch.

Sobre a canção, André Dutsch comenta que a ideia, na verdade, surgiu do cantor Magíster, que apresentou o verso da música.

“Essa canção tem uma história bem legal. Um grande amigo e artista, Magíster, tinha composto um verso e me mandou, dizendo que estava ficando muito com a minha cara (risos). Em contrapartida, eu tinha acabado de compor ‘Absoluta’, que foi o último single lançado por ele. Nós trocamos as músicas e em 20 minutos, transformei aquele verso em ‘Nada é Normal’, colocando nela algo que eu realmente acredito, que ninguém é normal, e que isso não é ruim, pois é o diferente que nos faz sermos únicos”.

Sobre André Dutsch: 

Nascido em Minas Gerais, André Duarte virou André Dutsch quando viu sua veia artística aflorar. Rompendo a barreira da timidez, o artista se revela nos palcos, local onde se sente mais à vontade de expor sua verdadeira face.

Em sua auto-definição, o cantor se define: “André Dutsch é um homem Cis, Gay, Louco, Eclético, Tímido e ao mesmo tempo Atirado para a vida. Alguém que se ama, e que busca ajudar o mundo a se amar mais através de suas músicas. Alguém que adora experimentar o diferente, que usa roupas que a sociedade diz ser de garotas, que se maquia, que vai pra balada de shortinho e bota de soldado. É um cara que vive cada dia como se fosse o último, pois ama aproveitar cada segundo que passa nesse mundo cheio de possibilidades”.

Ouça “Nada é Normal”:

André Dutsch lança ‘Nada é Normal’, imponente faixa com menção às causas LGBTQ+
To Top