Connect with us

Brasil

Ludmilla volta ao Pop em ‘Piña Colada’, feat com Ryan Castro

Crédito: João Maia

Às vésperas de subir ao palco do festival internacional Coachella, Ludmilla está de volta ao Pop. Depois de mais uma bem-sucedida incursão no pagode, a cantora chega com tudo para lançar “Piña Colada”, single em parceria com o cantor colombiano Ryan Castro. O lançamento traz também videoclipe, gravado no Brasil e dirigido por Rafa Castro.

Piña Colada é um merengue pop, cuja letra conta a história da conexão e a química instantânea entre duas pessoas ao se conhecerem em meio a uma pool party. É a primeira música totalmente em espanhol na carreira da cantora, e, também, em parceria com o Ryan Castro que, desde 2021, figura entre os top 10 artistas mais ouvidos na Colômbia. Ryan também tem muita relevância em outros países da América Latina, como Chile, México e Peru, figurando entre os 200 artistas mais ouvidos.

A produção musical é assinada pelo produtor Casta, um dos principais produtores musicais da América Latina, que já trabalhou com artistas como Maluma, Becky G, Justin Quiles, Prince Royce, Jay Wheeler, Ricky Martin, Maria Becerra, Ozuna, Arcángel e Manuel Turizo. A música é uma composição de Ludmilla e Ryan Castro, em parceria com Edgar Barrera e Elena Rose, compositores que já canetaram músicas do Bad Bunny, Peso Pluma, Karol G, Grupo Frontera, Shakira, Maluma, Tiago PZK, entre outros. Além deles, fecha a lista de compositores ao norte-americano Scott Harris, que já trabalhou com Ed Sheeran, Camila Cabello, Dua Lipa, Shawn Mendes, Jung Kook, etc.

“Estou muito feliz e na expectativa com esta nova fase e tudo o que está por vir com ela. Louca para ver a repercussão de “Piña Colada”. Gravamos um videoclipe lindo aqui no Rio de Janeiro e o Ryan foi um parceiro muito querido nesta empreitada” – afirmou a cantora.

Na esteira das novidades, nesta nova imersão de Ludmilla ao gênero Pop, vem a apresentação da afro-latina mais ouvida do mundo no palco principal do festival internacional Coachella, nos dias 14 e 21 de abril, onde apresentará “PIÑA COLADA” ao vivo pela primeira vez. É a preparação perfeita para a passagem de Ludmilla para o mercado dos EUA e da América Latina. Mas não é a primeira vez que a cantora mostra seus talentos na música internacional, os primeiros passos globais aconteceram em colaborações com artistas icônicos como Snoop Dogg, Sean Paul e Mr. Vegas, bem como se quando seu uniu à argentina Emilia Mernes, no ano passado para seu hit de ouro certificado pela RIAA “No_Se_Ve.mp3”.

Em seguida, Ludmilla, que foi a primeira mulher afro-latina a atingir um bilhão de streams no Spotify e estreou recentemente em primeiro lugar no Top Albums Global Chart do Spotify com seu “Numanice #3 (Ao Vivo), vai estrear a turnê ‘Ludmilla In The House’, que começará em maio. Mais informações AQUI.

Sobre Ludmilla

Primeira cantora negra da América Latina a alcançar mais de 1 bilhão de streams somente no Spotify, atualmente este número ultrapassa os 3 bilhões de streams – e, também, com mais de 2 bilhões de views no Youtube – Ludmilla começou a cantar aos 8 anos de idade. Em 2014 emplaca o single “Sem Querer”. De lá para cá, a cantora lançou o álbum “Hoje” (2014). Além de “Te Ensinei Certin”, o clipe de “Hoje” tornou-se uma das mais celebradas canções da artista e, nos dias atuais, tem mais de 100 milhões de visualizações no YouTube. “A Danada Sou Eu” (2016), segundo álbum da carreira de Ludmilla a consagrou, definitivamente, como referência de funk brasileiro – trabalho foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum Pop Contemporâneo de 2017. O ano de 2018 é marcado por uma explosão de sucessos com os singles “Solta a Batida”, “Não Encosta”, “Din Din Din” e “Jogando Sujo” – todos atingindo o topo das paradas de streaming e rádios.

Com duas turnês realizadas na Europa, lança o terceiro e último álbum e DVD, “Hello Mundo” (2019), repetindo o sucesso de crítica e público. Ainda neste ano emplaca mais um grande sucesso, “Verdinha”. Em 2020 a cantora volta às origens do funk raiz e lança o tão aguardado single “Rainha da Favela” em conjunto com clipe, gravado na Rocinha, que totaliza mais de 80 milhões de views. Em 2021, a cantora lançou o bem-sucedido projeto “Lud Session”, uma série de encontros musicais, que já soma mais de 320 milhões de visualizações, em que a artista percorre sucessos e canções inéditas, acompanhada de banda e um convidado. A primeira edição contou com a participação do rapper Xamã. Já na segunda edição, quem dividiu os vocais com Lud foi Gloria Groove, que rendeu ainda uma versão ao vivo. A terceira edição contou com a participação de Luísa Sonza. 2022 é um ano muito importante para Ludmilla, além de comemorar dez anos de carreira e transitar pelos projetos mais importantes de sua trajetória, a cantora ainda foi indicada na categoria “Melhor Artista Internacional”, no B.E.T Awards e o álbum “Numanice #2” levou o Grammy Latino na categoria “álbum de samba/pagode”.  Em 2023 lança o álbum “VILÔ e viraliza o hit “Sintomas de Prazer”.  Com o single “No_se_ve.MP3”, da cantora argentina Emilia Mernes, foi premiada internacionalmente e ficou no topo das paradas europeias. No mesmo ano, a artista recebeu o prêmio Multishow nas categorias ‘Voz do Ano’ e ‘Show do Ano’ e Trace Awards como melhor artista brasileira. O ano termina com dois marcos importantes para a cantora: é anunciada a grandiosa turnê “Ludmilla in the house”, que vai viajar pelas maiores arenas e estádios do país; e por último, mas não menos importante, finalmente, a afro-latina mais ouvida do mundo encontrou sua maior referência na arte: Beyoncé. 2024 começa com uma grande notícia: Ludmilla está no Line-up do Festival internacional Coachella.

Inscrever-se na Newsletter

Written By

Jucilene, pernambucana, nascida em Recife. Formada em Produção Publicitária. Apaixonada por musica, filmes, séries e redes sociais.

Mais Populares

Luísa Sonza lança ‘Escândalo Íntimo – O Filme’, narrado pela própria artista

Filmes

Luísa Sonza faz show da turnê ‘Escândalo Íntimo’ em São Paulo

Brasil

Will Smith e Martin Lawrence se preparam para guerra em novo trailer de ‘Bad Boys: Até o Fim’

Filmes

Carol Biazin entrega nova e estonteante versão do hit ‘Somewhere Only We Know’, do Keane

Pop

Advertisement
Inscrever-se na Newsletter

Copyright © PopNow 2017 - 2023. Todos os Direitos Reservados.

Connect
Inscrever-se na Newsletter