UOL HOST: Hospedagem de sites, Loja Virtual, Registro de domínios
...
Connect with us
https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
Foto: Divulgação

PopEntrevista

‘É uma turnê que a gente recebe nossos amigos, pessoas que amamos’: Sorriso Maroto inicia turnê ‘A.M.A – Antes que o Mundo Acabe’

Foto: Divulgação

Depois de quase dois anos de espera, Sorriso Maroto finalmente subiu ao palco com a nova turnê “A.M.A – Antes que o Mundo Acabe”. As três primeiras apresentações no Espaço Hall, no Rio de Janeiro, estavam esgotadas, dentro dos protocolos de segurança e com público reduzido, e contou com a participação do cantor Dilsinho no primeiro dia de show.

O projeto A.M.A foi gravado em fevereiro de 2020, um mês antes do primeiro lockdown da pandemia e a banda não teve a oportunidade de mostrar o resultado ao público. “Estar no palco foi um misto de alívio, alegria e realização, deixando para trás as incertezas e os medos que acumulamos nesses quase dois anos”, conta Bruno, vocalista do Sorriso que também comemora a marca de mais de 100 milhões de plays do álbum nas plataformas digitais de áudio de vídeo.

Foto: Divulgação

Para o grupo, o setor de cultura foi um dos mais prejudicados durante a pandemia, mas agora é hora de comemorar, de cantar e levar muito música para as pessoas. “Na nossa visão, para esse projeto, era importante a gente estar de corpo presente com o público porque ele defende que a música é uma ferramenta de transformação“, completa Bruno.

O repertório evidenciou as músicas do projeto A.M.A, mas, claro, fez uma passagem por todos os sucessos antigos do grupo, que os fãs adoram.

Foto: Divulgação

Confira a entrevista que o Sorriso Maroto concedeu ao Portal PopNow, na íntegra:

SEMANA PASSADA VOCÊS APRESENTARAM O NOVO SINGLE DE TRABALHO “NOSSO FLOW”, CONTA PRA GENTE COMO FOI O PROCESSO DE COMPOSIÇÃO, SE INSPIRARAM EM ALGO?

Essa musica não é autoral da própria banda, é uma composição do Cleber Paraiba com o Jango, artistas que estão no cena musical hoje. E quando eles me mandaram esse som, foi uma paixão platônica, a gente já começou a imaginar a galera curtindo o som, dançando e cantando. E é uma musica que traz toda uma essência moderna  do som atual que ta acontecendo nas playlists, no radio, no digital, então a gente se empolgou muito com isso. Essa musica também está nas nossas experiências, mas coisas que a gente gosta de cantar e de fazer. Então a gente se empolgou da demo e já levou pra gravação.

SOBRE ESSA MISTURA INCRIVEL DO “PAGOTRAP”, MAS SEM PERDER A ESSENCIA, COMO ACONTECEU?

O pagode e o trap são oriundos das zonas mais urbanas do país, das periferias, assim como o funk, a gente tem uma afinidade muito grande com o gênero. Então fica muito fácil na hora de fundir as células do funk, do pagode, do trap, o texto acaba caminhando pra o mesmo lugar. Então a gente se sente, apesar de gêneros diferentes, parte da mesma família. Então fica muito fácil fazer essas misturas, por mais que seja inusitado, ainda, ouvir de fato essa química acontecendo, mas pra gente tá muito natural, muito dentro da gente. Em algum momento a galera do trap escuta pagode, como a galera do pagode uma hora vai escutar o trap. É tudo uma família só, então fica realmente fácil.

VOCÊS VOLTARAM AOS PALCOS COM TUDO, INGRESSOS ESGOTADOS E ISSO É MUITO MARAVILHOSO. COMO SE SENTIRAM?

Esse retorno tem sido muito especial pra nós, não só pela questão dos ingressos esgotados em si, obvio que é legal esgotar os ingressos, casa  lotada e tal, mas muito pelo que significa esse retorno, o que significa esgotar os ingressos nesse momento do retorno. Praticamente dois anos parado, o publico ficou praticamente dois anos sem poder curtir a sua banda preferida, suas musicas, poder curtir um show com seus amigos, esposo(a), namorado(a), enfim. Tem muitos significados naquele evento, então isso tudo pra gente, como artista ali no palco observando, cantando… a gente ta saboreando de uma energia muito legal, por que as pessoas estão indo pra os shows com uma vontade muito impar, o todo tem sido muito impar. Pra gente também, sair de casa pra o show, apresentar o nosso musical, tem sido magico também, curtir esse retorno, essa forma que as coisas estão acontecendo na nossa vida. Então a gente ta se sentindo presenteado, o publico também ta sendo presenteado, por novamente ter oportunidade de viver da forma que a gente sempre viveu, curtindo e sendo feliz.

COMO ESTÃO AS EXPECTATIVAS DA PASSAGEM DA TURNÊ “A.M.A – Antes que o Mundo Acabe” NOS OUTROS ESTADOS?

Estamos começando agora a sair do Rio de Janeiro. A gente começou a turnê no RJ, fizemos três datas aqui, casa cheia, ingressos lotados, muito bacana. Já visitamos São Paulo e também aconteceu da mesma forma do Rio, todo mundo curtindo. Agora estamos caminhando para fazer outros cantos do país. Vamos viajar pra Belém, São Paula novamente e outros cantos do país vamos começar a abrir agenda. Vamos retornar com o pé direito e o corpo inteiro (risos).

HAVERÃO MAIS PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS NOS PROXIMOS SHOWS? O DILSINHO FOI O GRANDE CONVIDADO DE ABERTURA, CERTO? COMO SURGIU O CONVITE?

Na verdade esses convites não aconteceram assim, não foi uma atração anunciada, na verdade o Dilsinho apareceu no show, de fato. Ele disse: “e aí, estou vendo que vocês estão aí, estou chegando” (risos), foi assim que aconteceu. E como o Dilsinho faz parte do Sorriso Maroto, a gente se considera um só, a verdade é essa, a gente sente parte um da família do outro. Então aconteceu muito dessa forma da gente ir se falando no telefone, ele chegou, subiu no palco e aconteceu toda aquela magia. A mesma forma aconteceu com Thiago Martins agora em São Paulo, ele subiu no palco, entregou comemoração de vendas de Disco de Ouro, Platina, enfim. Não foi nada combinado e isso que é legal, ter os amigos por perto. E a turnê AMA fala muito sobre isso, porque é uma turnê que a gente recebe nossos amigos, pessoas que amamos.

COMO FOI PARA O GRUPO PASSAR POR ESSA PANDEMIA E COMO ESTÁ SENDO A VOLTA?

Pra o Sorriso não foi muito diferente do que foi pras pessoas de uma forma geral. Aquele susto, aquela sensação de como agir, a gente fica meio perdido, demora um tempo pra entender o que ta acontecendo e qual a reação que vai tomar. Esse projeto foi gravado em fevereiro de 2020 e a pandemia chegou no país em março, um mês após. A gente gravou esse projeto, saímos de férias, quando retornou foi pra fazer o projeto, fazer edições, mixagens… pra lançar em maio. E fomos surpreendidos pelo fechamento de tudo, shows cancelados e enfim. Então tudo isso trouxe um dano muito grande nesse principio de: “e aí, como é que a gente faz o trabalho? Qual o melhor caminho?”. Demoramos um tempo pra entender o que tava acontecendo de fato. Então tomamos a decisão praticamente um ano depois quando sentimos que a pandemia começou a cair os números, a gente sentiu que tava voltando os eventos a um processo mais normal, então a gente imaginou que seria o momento para lançar, então a gente lançou. Mas em seguida veio a segunda onda, então não conseguimos ir pra rua divulgar esse projeto de corpo presente. Então só conseguimos agora, um ano depois do projeto. Fomos trabalhando, colocando as musicas pra circular e mostrando pra galera o projeto mesmo a distancia. E agora sim, estamos tendo a oportunidade de ir pra rua, de falar sobre, de mostrar a turnê e fazer as pessoas sentirem.

HÁ MAIS PROJETOS ALÉM DA TURNÊ E DO DVD AINDA PARA ESSE ANO?

Sim, estamos na fase do NOSSO FLOW, estamos apresentando NOSSO FLOW de uma forma exclusiva, todas as atenções estão voltadas para isso. Mas a gente tem um ultimo momento, que são versões acústicas desse projeto, também gravada em Alagoas. A gente fez uma pequena seleção de musicas em formato 100% acústica em locais paradisíacos da região de alagoas. E a gente vai estar lançando em breve. Tem muita coisa legal e eu acho que as pessoas vão se apaixonar ainda mais pelas musicas agora que essas musicas ganham versões ainda mais intimistas, ainda mais apaixonantes.

VOLTANDO AO NOVO SNGLE “NOSSO FLOW”, O QUE PRETENDE LEVAR PARA QUEM OUVE A FAIXA?

Pra quem ouve a faixa, a ideia é transportar a galera pra um lugar mais dançante, mais atual. Ela tem uma forma de comportamento que é diferente de tudo que a gente já fez. A musica tem um comportamento da galera que ta na academia, curtindo um som, na galera que está em outro tipo de ambiente também ter uma energia pra ter o Sorriso Maroto junto dela. “NOSSO FLOW” consegue levar o Sorriso pra um outro lugar.

SHOPPING

Inscrever-se na Newsletter

Written By

Jucilene, pernambucana, nascida em Recife. Sou formada em Serviço Social, mas me encontrei na Publicidade e curso Produção Publicitaria. Sou apaixonada por musica e redes sociais.

Mais Populares

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Matuê, Teto e Doode lançam o single ‘Groupies’ e batem recorde em première do YouTube

Brasil

Maluma. Foto: Reprodução / Instagram (@maluma) Maluma. Foto: Reprodução / Instagram (@maluma)

Maluma fala sobre rumores de que estava namorando a socialite Kim Kardashian

Notícias

Lauren Jauregui. Foto: Reprodução / Instagram (@laurenjauregui) Lauren Jauregui. Foto: Reprodução / Instagram (@laurenjauregui)

Lauren Jauregui lança single ‘Colors’ e revela detalhes de sua independência

Pop

Lauren jauregui. Foto: Reprodução / Instagram (@laurenjauregui) Lauren jauregui. Foto: Reprodução / Instagram (@laurenjauregui)

Lauren Jauregui faz parceria para estreia exclusiva do projeto solo ‘PRELUDE’; confira

Pop

Advertisement
Inscrever-se na Newsletter

Copyright © PopNow 2017 - 2021. Todos os Direitos Reservados.

Connect
Inscrever-se na Newsletter

Skip to content