PopEntrevista

PopEntrevista: Daya Luz veio pra ficar com seu carisma e som diferente

A cantora Daya Luz é o novo nome do pop brasileiro. Ela lançou recentemente seu segundo single “Depois não chora“, que foi filmado em Los Angeles sob a direção de Alfredo Flores, que já trabalhou com Justin Bieber, Ariana Grande e Selena Gomez.

Em menos de um mês, o clipe já alcançou a marca de 2 milhões de visualizações no YouTube. Composta por Paulo Mac, a faixa apresenta uma roupagem latina contemporânea e mistura as batidas do “Reggaeton”, do “tropical house” e do “Moombahton”. A canção foi mixada em Los Angeles por Curt Scheneider, também responsável por trabalhos de Maluma, Shakira e Luis Fonsi, entre outros.

Assista “Depois Não Chora”:

Daya deu uma entrevista exclusiva ao PopNow, onde conta um pouco de como tudo começou e alguns projetos para o futuro. Confira.

PopNow: “Depois Não Chora” é um grande sucesso e tem mais de 2 milhões de views no Youtube, e foi gravado em Los Angeles. A ideia do projeto de gravar em LA foi sua?

Daya: O clipe da música “Tudo de Bom” também foi feito em LA, meu primeiro clipe foi gravado lá! Então tem uma coisa com essa cidade (risos). E o diretor foi o Alfredo, eu adorei trabalhar com ele! Ele conseguiu transformar e colocar no clipe todas as minhas ideias mirabolantes. E o próximo clipe talvez não seja gravado no Brasil também.

PopNow: Você tem toda uma linguagem corporal e facial, você realmente se entrega em suas performances e isso é um diferencial enorme. Dançar não é pra qualquer um, e você já trabalhou como bailarina do Faustão. Como foi seu envolvimento com a Globo nos dois anos que você trabalhou no Domingão do Faustão? Isso ajudou na sua concepção como cantora?

Daya: Eu sempre tive o sonho de cantar e dançar, eu morava em uma comunidade, minha família achava que isso não daria certo, era longe da nossa realidade. Mas eu sempre me dediquei, trabalhei muito, já trabalhe em banco e em outras coisas, e um vez eu fui chamada pra fazer o teste pro balé do Faustão. Como eu sempre amei dançar e sempre fiz aula de dança, eu resolvi arriscar e passei. Lá eu consegui me especializar em dançarina e aprendi como fazer carão, olhar pra câmera, aprendi a me comunicar melhor.. Foi uma verdadeira escola, só tenho a agradecer! E aí eu pedi demissão pra poder me dedicar mais a minha carreira, pra poder estudar e me especializar mais, fazer teatro, dança. O que eu posso fazer pra evoluir e me aperfeiçoar, eu faço. E eu espero sempre continuar evoluindo e trazendo coisas bacanas para os fãs.

PopNow: Você traz um som um pouco diferente, e que tem uma abrasileirada. A ideia foi sua?

Daya: Eu sempre busco referências internacionais do pop que é o mais forte, o pop internacional como Beyoncé e Rihanna. Mas eu busco as referências sempre trazendo pro nosso país, sempre coloco nossa brasilidade, seja nas múcicas, nas coreografias, nos clipes. O meu foco é meu país, eu quero conquistar o meu país primeiro e levar minha música pra todo o Brasil, esse é meu foco principal. Se acontecer de ir além disso, ficarei muito feliz! Mas meu foco é o Brasil, e o que eu puder fazer pra deixar meus fãs daqui felizes eu vou fazer.

PopNow: Nesse último clipe que foi gravado em LA, você contou com a participação de uma Lamborghini Aventador. Você é apaixonada por carros, né? Foi você que escolheu e que deu essa ideia?

Daya: Eu sou apaixonada por carro, assim como sou apaixonada por videogame! Eu gosto de fazer tudo sem precisar dos homens, desde pequena eu sempre quis mostrar que eu também podia gostar de videogame, que eu podia andar numa moto, um num carrão. Sempre amei carros e motos, e eu sempre quis chegar num carrõ em um clipe, porque a gente sempre vê os homens chegando em um super carro, e ai eu pensei “ah é, então pera ai!”. E nesse clipe eu quis mostrar uma mulher poderosa, e que as mulheres fizessem essa identificação. E esse é meu carro dos sonhos, já que não posso comprar eu quis colocar no clipe.

PopNow: De quem você é fã? Quem são seus ídolos?

Daya: Eu gosto muito de Madonna, Michael Jackson, Beyoncé, Justin imberlake. São artistas que sempre admirei e que sempre alimentaram meu sonho em ser uma artista pop. E no Brasil eu sempre admirei muito a Ivete Sangalo, a energia dele, o carisma. Ela sempre foi minha diva maior aqui, minha maior inspiração.

PopNow: Se você pudesse escolher um artista brasileiro pra fazer uma parceria, quem seria?

Daya: A com certeza com a Ivete, que sempre admirei, com a Anitta que tá levando nossa música lá pra fora e com a Pabllo Vittar, pra gente bater muito cabelo juntas!

PopNow: Como você se definiria?

Daya: Eu me defino uma menina sonhadora. Eu sempre sonhei e acreditei muito, tudo que a gente quer, que a gente corre atrás com determinação, a gente consegue. Eu sou muito determinada e sonho, a gente não paga pra sonhar. eu sou uma menina de sonhos e de luz. Eu quero levar luz, amor e mostrar que a gente consegue, é só acreditar.

PopEntrevista: Daya Luz veio pra ficar com seu carisma e som diferente
To Top