Brasil

Malaka chega a 30ª edição com nova roupagem e shows da Furacão 2000 e MC Maneirinho

Festa já consagrada no Rio – com 6 anos de história e mais de 80 mil ingressos vendidos – acontece no dia 22 de julho no Píer Mauá

Leonardo Serode, César Lima, Leonardo Zonenschen e Pedro Ramalho, os jovens  à frente da Malaka. Foto: Divulgação/Patrick Sister

Com seis anos de história, a Festa Malaka comemora sua trigésima edição no dia 22 de julho no Píer Mauá, Rio de Janeiro, tendo Furacão 2000 e MC Maneirinho – que acumula mais de 40 milhões de views no Youtube – como destaques nas atrações. O evento, que começou como uma grande brincadeira de um grupo de amigos e já alcançou o volume de quase 80 mil ingressos vendidos em toda a sua trajetória, festeja esta edição tendo como principal característica de sua renovação uma nova logomarca, definida pelos sócios como ‘mais madura’, além de um projeto cenográfico que promete impactar os convidados logo na entrada com um portal de aproximadamente 4 metros de altura com a logo da festa.

“Nesta edição preparamos uma estrutura de ambientação e cenografia em um patamar muito mais elevado, contratamos uma empresa que já assinou projetos como o ‘Premio Extra de Televisão’, ‘Festa Multishow’, ‘Anima Mundi’, entre outros.Queremos sempre estar à frente, entregar o melhor possível para o público”, conta.

“A Malaka surgiu como uma festa de aniversário. Queríamos vender os ingressos para os amigos bancarem os custos e o que era para ser uma comemoração intimista virou um evento para 1.000 pessoas e ingressos esgotados. Seis anos depois chegamos ao Píer Mauá para uma edição histórica e com a expectativa de recebermos mais de três mil pessoas”, conta César Lima, que ao lado de Leonardo Zonenschein, Leonardo Serode e Pedro Ramalho completa o time de sócios à frente do projeto.

Além da Furacão 2000 e MC Maneirinho, esta edição vai atacar com o seu time de Dj’s Malaka Crew formado por Luckas, Motta e Rama. Contará ainda nas picapes com Tucho, Carol Emerick e Brazza Squad.

Leonardo Zonenschein, outro sócio, conta que um dos segredos do sucesso da festa é a aposta na mistura de estilos musicais, de descompromisso com rótulos: “O compromisso da Malaka é não ter compromisso com rótulos. É um evento onde as pessoas estão dispostas a ouvir de tudo. A nossa marca incentiva o excesso de espontaneidade, seja no comportamento, no estilo musical ou até mesmo nas atrações convidadas”.

Crédito: I Hate Flash

Renovação e aperfeiçoamento

Leonardo afirma ainda que outro motivo da Malaka estar há seis anos agitando as noites cariocas com sucesso se deve ao fato de estar sempre acompanhando a evolução do mercado e pensando em inovação e ações de melhoria. A Malaka festeja sua 30ª edição, tendo como principal característica de sua renovação uma nova logomarca, definida pelos sócios como ‘mais madura’, mas sem perder o ‘estilo malaka de vida.’ Ainda como novidade para o dia 22 de julho está sua nova cenografia

“Nesta edição preparamos uma estrutura de ambientação e cenografia em um patamar muito mais elevado, contratamos uma empresa que já assinou projetos como o ‘Premio Extra de Televisão’, ‘Festa Multishow’, ‘Anima Mundi’, entre outros.Queremos sempre estar à frente, entregar o melhor possível para o público”, conta.

O cenógrafo responsável pelo projeto, Douglas Nogueira, da VamoQvamo, dá mais alguns detalhes: “A proposta da cenografia é impactar os convidados logo na entrada com um portal de aproximadamente 4 metros de altura com a logo da festa. Estamos dentro de um armazém com 3mil metros quadros e para isso decidimos focar no palco da festa. O palco foi posicionado no final do armazém ocupando quase toda a extensão do local e podendo ser visto de todos os pontos.  Com dois painéis de LED laterais de mais de 10 metros cada, o palco se destaca pela grande escultura da Logo do evento que também abrigará os DJs a mais de 6 metros de altura”.

Malaka chega a 30ª edição com nova roupagem e shows da Furacão 2000 e MC Maneirinho
To Top