Valesca Popozuda. Foto: Divulgação/Clara Sthel
Cinema

Documentário inédito registra o fenômeno do funk acelerado nos bailes de favela do Rio de Janeiro

Foto: Divulgação/Clara Sthel

O documentário “150 BPM: o Ritmo Louco”, lançado na terça-feira 19 de novembro no YouTube, entra de forma inédita no universo dos bailes de favela do Rio de Janeiro com objetivo de ouvir o que a nova geração de Djs e Mcs tem a dizer.

DJ Zullu lança “Eu Não Vou Embora”, “funk raiz” com Anitta e MC G15

Produzido de forma colaborativa e independente, o documentário dirigido pelo jornalista Lucas Rodrigues é o primeiro registro audiovisual dos bailes funks depois do fim das UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora), marcando um novo momento dentro gênero musical.

Com imagens exclusivas de um dos mais populares bailes da atualidade, o Baile da Colômbia, localizado no Complexo do Lins, o documentário “150 BPM: o Ritmo Louco” traz personagens como os Djs FP do Trem Bala e Iasmin Turbininha para mostrar como eles estão revolucionando o funk a partir de um ritmo mais acelerado – produzido desde 2016 a 150 batidas por minutos (BPM).

Além dos novos protagonistas, o documentário também trouxe agentes da velha guarda, como a Valesca Popozuda, e ainda o antropólogo Dennis Novais para fazer uma contextualização histórica e social do gênero musical, considerado um patrimônio cultural.

Valesca Popozuda. Foto: Divulgação/Clara Sthel

Valesca Popozuda. Foto: Divulgação/Clara Sthel

Com direção fotográfica de Rodrigo Costa – fotógrafo, produtor cultural da Baixada Fluminense e criador do coletivo Cena BXD – e da jornalista e fotógrafa Clara Sthel, que já teve suas fotos em lugares como Zona Norte ETC e Revista Escambo, o documentário tem o compromisso de protagonizar a vivência periférica de forma não estereotipada. O filme foi editado pelo comunicador e estudante de Mídias Victor Hugo Liporage, que já montou documentários como “Meu Fuzil é a Poesia”.

150 BPM: o Ritmo Louco. Foto: Divulgação/Clara Sthel

150 BPM: o Ritmo Louco. Foto: Divulgação/Clara Sthel

O filme está disponível gratuitamente no YouTube.

Assista “150 BPM: o Ritmo Louco”:

Documentário inédito registra o fenômeno do funk acelerado nos bailes de favela do Rio de Janeiro
To Top