Connect with us

Eletrônica

Alok, The Chainsmokers e Mae Stephens colaboram na faixa ‘Jungle’

Foto: Divulgação

Estrela da música brasileira, ALOK, popularmente conhecido por suas colaborações de sucesso com James Arthur, John Legend, Tove Lo, Ellie Goulding e Ava Max, uniu forças com o duo vencedor do Grammy The Chainsmokers e a cantora e compositora inglesa Mae Stephens para o lançamento de seu novo single, “Jungle”. Com um riff de piano viciante, que vai grudar na cabeça de todos os ouvintes, e um trio de artistas de primeira linha, com mais de 70 milhões de ouvintes mensais combinados no Spotify, “Jungle” tem tudo para ser um single de sucesso e já está disponível em todas as plataformas de streaming e serviços de música . O clipe do single, com temática de ficção científica, tem participação dos três artistas.

“Jungle” é uma mistura contagiante de estilos, desde os vocais hipnotizantes de Stephens e a sensibilidade de ALOK para a música eletrônica, até a produção pop contagiante da dupla The Chainsmokers. Esse lançamento vem logo após ALOK lançar seu single de sucesso, “Car Keys”, com a sensação pop global Ava Max, e seu remix oficial feito pela lenda da música eletrônica Tiesto, enquanto a dupla The Chainsmokers, conhecida por sucessos estrondosos como “Closer” e “Something Just Like This”, com Coldplay, está desfrutando do sucesso de seu álbum de 2022, “So Far So Good”. Mae Stephens está decolando, impulsionada pela música #1 do TikTok no mundo dos últimos meses, “If We Ever Broke Up”, com mais de 200 milhões de streams.

O vídeo oficial de “Jungle” explora uma nova visão da experiência humana através dos olhos de forasteiros. O clipe mostra três androides metamorfos que caem na terra e são perseguidos por barcos e guardas. A luta pela sobrevivência é inspirada no instinto animal universal da selva. Eles encontram segurança ao se misturar com a multidão em um festival de música e se transformar em outras pessoas ao redor. Através de vários caminhos, cada um deles experimenta as diferentes emoções e prazeres humanos. Com performances de ALOK, The Chainsmokers e Mae Stephens, e filmado no IleSoniq Music Festival, em Montreal, o clipe oferece uma experiência cinematográfica cativante que acompanha muito bem essa parceria musical de sucesso.

“Jungle está em desenvolvimento com a dupla The Chainsmokers há mais de um ano e estou feliz que finalmente encontramos a mistura certa. Acrescentar Mae foi uma ideia perfeita e a resposta que recebemos na estreia dela no Tomorrowland, na Bélgica, nos mostrou que há algo especial nela. Não vejo a hora de todos ouvirem a música e tocá-la no mundo inteiro”, conta ALOK.

ALOK vem de uma enorme turnê, além de seu último lançamento no topo das paradas, “Car Keys”, com a sensação pop global Ava Max, o remix oficial pela lenda da música dance Tiësto e o recente “SHOW DO SÉCULO”, no icônico Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, para uma multidão recorde. Ele continua expandindo os limites da música dance e abre caminho para performances e oportunidades ainda mais alucinantes no futuro. O artista brasileiro mais ouvido do mundo no Spotify e o DJ número 1 da América Latina recentemente viajou para Nova York para sediar seu segundo evento anual sobre mudanças climáticas, O Futuro é Ancestral, na sede das Nações Unidas, com vários painéis, palestrantes e uma apresentação de seu próximo álbum, com artistas indígenas amazônicos no terraço da ONU. Em maio de 2023, foi homenageado com um prêmio de prestígio na festa do Better World Fund, durante o Festival de Cannes, por seu trabalho de caridade no Instituto Alok, em conjunto com o programa Amazônia Fund Alliance para a Federação Brasileira da UNESCO.

“Estamos muito felizes em colaborar com Alok e Mae. Já somos amigos do Alok e acompanhamos seu trabalho há anos. Sempre admiramos seus shows e estávamos procurando a música certa para colaborar há 4 anos. Nós tínhamos exigências, porque queríamos gravar algo que seria legal para os shows grandes, mas que os fãs também pudessem curtir fora dos festivais. Mae também é uma artista nova e incrível, ela mandou muito bem nos vocais. Espero que, assim como Alok, a gente tenha 1 milhão de pessoas nos nossos shows futuramente, graças à nossa colaboração”, revela o duo The Chainsmokers.

O duo formado por Drew Taggart e Alex Pall quebrou paradigmas e levou a música pop para um novo nível. Eles já venceram o Grammy e possuem certificações Diamante, superando as barreiras entre o pop, indie, eletrônico, alternativo e rock. Até agora, conseguiram três singles de Diamante, com “Closer” [feat. Halsey], que chegou à 1ª posição do Billboard Hot 100, “Something Just Like This” [feat. Coldplay] e “Don’t Let Me Down” [feat. Daya]. A última ganhou um Grammy de “Melhor Música de Dance”. Seu álbum de estreia, lançado em 2017, “Memories… Do Not Open”, estreou em primeiro lugar na parada Billboard 200 e abriu caminho para os álbuns “Sick Boy” [2018], que recebeu certificação Ouro, e “World War Joy” [2019], também com certificação Ouro. Os dois álbuns foram acompanhados de uma turnê em arenas de mais de 40 cidades, com ingressos esgotados. Mas Drew e Alex também procuram retribuir tudo que recebem. No meio da pandemia, a dupla financiou a produção e entrega de dezenas de milhares de máscaras PPE N95 para hospitais em Nova York e Las Vegas. A instituição de caridade Youth Emerging Stronger reconheceu The Chainsmokers com o “Key of Hope Award”, por seu compromisso com a filantropia e crianças carentes.

“Se no ano passado me dissessem que eu ia trabalhar com o ALOK e o Chainsmokers, eu jamais ia acreditar. Como uma artista iniciante, nunca imaginei que isso poderia acontecer. Mas eles são muito bacanas e foi incrível participar da música e do vídeo. Eles são incríveis, tocar com eles foi um dos melhores momentos da minha vida”, comenta Mae Stephens.

Cantora e compositora inglesa de Northamptonshire, Inglaterra, Mae continua a se destacar com sua voz impressionante e músicas que contagiam. Reconhecido como o single número 1 global no TikTok, “If We Ever Broke Up” já acumulou mais de 200 milhões de streams e se tornou viral. Isso mostra que Mae Stephens tem talento para se destacar na indústria. Além de uma variedade de remixes de “If We Ever Broke Up”, Stephens também colaborou recentemente com Megan Trainor, em seu último single “Mr Right”, que também se popularizou no TikTok e já alcançou impressionantes 5 milhões de streams. Com “Mr Right” e “Jungle” em seu currículo, Stephens provou que ela não só pode fazer uma música de sucesso sozinha, mas também tem a habilidade de atrair muitos artistas famosos com seu talento e potencial. Ela ainda tem um longo caminho a percorrer em sua carreira musical, mas, com essa última colaboração, com certeza vai avançar ainda mais até o topo.

Inscrever-se na Newsletter

Written By

Jucilene, pernambucana, nascida em Recife. Formada em Produção Publicitária. Apaixonada por musica, filmes, séries e redes sociais.

Mais Populares

‘The Tortured Poets Department’: Taylor Swift lidera a Billboard 200 pela segunda semana

Pop

Grag Queen se apresenta no palco principal da RuPaul’s DragCon 2024

Notícias

Impacto milionário: Prefeitura do Rio de Janeiro revela gastos com show de Madonna

Pop

#SextouMusical: Anitta, Louis Tomlinson, Mari Fernandez, Belo e muito mais!

Lançamentos da Semana

Advertisement
Inscrever-se na Newsletter

Copyright © PopNow 2017 - 2023. Todos os Direitos Reservados.

Connect
Inscrever-se na Newsletter