UOL HOST: Hospedagem de sites, Loja Virtual, Registro de domínios
Conecte-se conosco

PopEntrevista

Apollo Love, novo nome do pop britânico, revela processo criativo durante a quarentena em entrevista exclusiva

Apollo Love. Foto: Divulgação.

Um artista do Reino Unido que cria sua personalidade, letras e som electro-pop únicos usando suas experiências de vida e amor. Nascido na Itália, Apollo vem de uma formação católica e islâmica muito rígida, onde ser ele mesmo, queer e sexualmente aberto não eram uma opção.

Começando pelo seu nome, que encapsula uma homenagem ao deus grego das artes, e o conceito de amor próprio, Apollo Love quer espalhar uma mensagem de aceitação e igualdade para todos. Ele criou Loveland, um planeta onde seus fãs podem celebrar o amor e a singularidade, sem medo de serem julgados.

Em entrevista exclusiva para o Popnow, Apollo Love nos conta tudo sobre seu primeiro single ‘Video Sex’ e fala sobre seu processo criativo durante esses tempos de pandemia.

  • Você escreve e produz suas músicas, certo? Qual as vantagens de lançar uma musica feita por você?

Apollo Love: ‘Eu sinto que eu não poderia fazer o que eu faço, se eu não tivesse total controle criativo de tudo o que eu lanço e produzo, e eu sou muito sortudo em trabalhar com pessoas que entendem minha visão e compartilham dos mesmos sentimentos. Ter um time que te entende é fundamental para as coisas funcionarem, como o diretor do meu clipe que eu tenho um ótimo relacionamento, e fica mais fácil das pessoas captarem a mensagem que eu quero passar, quando eu tenho o controle criativo dos materiais.’

  • Quando você diz que perdeu sua virgindade da câmera, foi como um bloqueio que você tinha em fazer sexo online?

Apollo Love: ‘É bem literal o que eu trouxe, seria meio que perder a virgindade das câmeras mesmo, mas é um ótimo ponto que você levantou, tem muita coisa que vem a nossa cabeça quando pensamos em sexo online com câmeras, mas tem pontos perigosos também, e eu não quis meio que levantar apenas esse ponto de sexo na internet que tem vários problemas e visões diferentes, o que eu quis trazer foi mais minha experiência de sexo durante a quarentena mesmo, como ter um sexo online de maneira segura em todos os quesitos e aproveitar o momento, ser mais especifico nos tempos em que estamos vivendo.’

  • A capa do seu single é uma referência direta desse contexto que você traz de ‘Video Sex’, foi você que teve a ideia e criou também?

Apollo Love: ‘Eu fiz uma colaboração com um amigo meu que dirigiu também o meu clipe, ele trouxe a ideia dos óculos VR, que é algo meio Lady Gaga e eu amei, e eu adoro quando as pessoas unem a tecnologia nesses trabalhos como eu fiz, e o VR tem muito sobre os dias de hoje pois cria uma própria realidade, é um próprio mundo, e nesses tempos isolados em casa, cada um vivendo sua realidade, achei que seria um bom ponto a se explorar.’

  • Me conta como foi gravar com um iphone seu videoclipe? Você gostou do resultado? Pretende repetir?

Apollo Love: ‘Eu adorei filmar dessa maneira. Eu senti que tivemos uma liberdade criativa maior sabe? Porque era só eu e ele no estúdio de gravação, devido as restrições da covid, mas acabou que utilizamos vídeos de várias outras pessoas também, então combinando várias imagens e acabou sendo uma grande colaboração, visão de várias pessoas em uma, então isso deixou com que ficássemos mais a vontade e tivéssemos uma liberdade criativa nesse quesito, ajudou a estabelecer uma visão melhor, fora que pudemos usar vários filtros com as filmagens do iPhone, então foi bem legal.’

  • Vir de uma religião tão pesada e restrita te fez querer se liberar de todas as maneiras e propagar essa mensagem de liberdade também?

Apollo Love: ‘Com certeza, eu acho que ninguém deveria viver uma repressão, a vida é sobre expressar quem é você, e quando você se dá conta disso, você nunca quer voltar para trás, e pela minha experiência passada, eu só quero que as pessoas sejam quem elas são, pois não tem nada de errado em elas se expressarem sua identidade, sua criatividade, fazer o que você acha que seja o certo para você.’

  • Quais são os artistas que te inspiram?

Apollo Love: ‘Eu gosto muito de música eletrônica da índia, eu escuto bastante, e também gosto das grandes popstars claro, como Lady Gaga e Madonna.’

  • E me conta um que você acha que ficaria legal uma parceria com ele?

Apollo Love: ‘Eu adoraria trabalhar com alguma estrela do rock, principalmente na cena do rock gay, tem vários roqueiros na cena gay aqui em Londres e eu adoraria no futuro.’

  • Quais seus planos para o ano de 2021, seus próximos passos?

Apollo Love: ‘Eu tenho várias canções prontas, eu pretendo lançar um EP, quero lançar visuais também para as músicas, acho que os visuais são essenciais para representar tudo o que eu quero dizer com minha arte então creio que no próximo ano vem vários lançamentos vindo aí.’

  • De que maneira você acha que pode ajudar pessoas LGBT como nós a se sentirem mais livres nesse mundo?

Apollo Love: ‘Eu só quero passar uma mensagem de liberdade, de liberdade de expressão, o planeta fictício que eu criei para os meus fãs chamado de Love Land, uma terra onde as pessoas podem ser quem elas são sem ter o sentimento de julgamento pelas pessoas, o medo de ser julgadas, conseguir promover com meus fãs um local com sentimento de paz, liberdade, sem medo, que elas possam se expressar livremente sem o medo de ser quem são.’

  • O que a quarentena te trouxe de vantagem e desvantagem durante esse período dos seus trabalhos?

Apollo Love: ‘Bom você pode ter vários vídeos sexuais durante a quarentena sabe? (risos). Mas acho que é uma nova experiência pra toda a nossa geração pois ninguém passou por uma pandemia e nem precisou ficar em quarentena tanto tempo sabe? Então é um processo novo para todo mundo, mas eu acho que no início travou minha criatividade pois eu não sabia o que ia acontecer com o mundo, mas depois com o tempo passando, fui refletindo e transformando isso em músicas, e como não tinha distrações pois só podia ficar em casa, acabou que comecei a produzir muitos materiais que irei inclusive lançar no próximo ano.’

SHOPPING

Newsletter Signup

Redação PopNow*
Escrito por

Os 4 posts em destaque

#PopEntrevista: Luísa Sonza, Pabllo Vittar e Anitta contam tudo sobre ‘Modo Turbo’ em coletiva de imprensa

Música

Atalhos apresenta session inédita de ‘Mesmo Coração’ e presenteia o público com versão ao vivo 

Música

Cardi B comenta sobre clipe de ‘Modo Turbo’

WOW!

Depois do BE ficar entre as 3 músicas mais vendidas do Brasil, fizemos sua retrospectiva de 2020

Música

Anúncio
Newsletter Signup

Copyright © PopNow 2017 - 2020. Todos os Direitos Reservados.

Conecte-se
Newsletter Signup