The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX
Séries

The Walking Dead: recomeço?

Foto: Divulgação/FOX

*Por Juliana Del Rosso.

Edição: Daniel Outlander.

A nona temporada de The Walking Dead acabou de estrear e já está dando o que falar. O primeiro episódio desta etapa, que se chama “New beginning” – ou “Novo começo“, numa tradução bem literal -, trouxe sangue, questões de autoridade e muita violência.

Hoje o #TBT é da musa Jennifer Lopez! Relembre a trajetória da artista

A série, vale lembrar, é a mais vista de todos os tempos e já é a produção mais vista da temporada 2018-2019 entre os adultos (18 a 49 anos) dos Estados Unidos. Por aqui os dados são um pouco diferentes, claro, mas uma coisa é fato: TWD continua a ter muito hype.

Abaixo, vamos falar um pouco sobre as coisas que aconteceram no primeiro episódio desta temporada. Se você ainda não assistiu, o alerta de spoiler é esse! Lembre-se de ligar na FOX todo Domingo, às 22h30, para acompanhar os próximos capítulos.

Se você já assistiu, vamos repassar os acontecimentos juntos e pensar no que pode rolar daqui para frente? Vamos nessa.

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

Primeiro, o próprio nome do episódio sugere que alguma coisa aconteceu. Depois dos embates da última season finale, a série recomeça em um ambiente bucólico, tranquilo, onde Michonne, Rick e Judith observam os pássaros.

De lá, somos levados para um local mais caótico: a cidade grande, que virou um grande cemitério de casas, ruínas e, bem, um amontoado de gente morta. Que ainda resmunga, produz grunhidos e etc, mas: todos mortos, ainda assim.

Neste novo período da série, percebemos o seguinte: o grupo está sólido, reunido e em busca de suprimentos e coisas que possam mantê-los vivos e bem alimentados (dentro do possível em uma realidade pós-apocalíptica).

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

Em busca de materiais para trabalhar e para se defender da ameaça zumbi, a equipe entra em um museu de Washington D.C. e pega, entre outras coisas, uma carruagem, uma canoa e objetos metálicos. O objetivo é, com estas coisas em mão, criar ferramentas que possam ser usadas para a criação de um espaço mais confortável para os sobreviventes.

Em dado momento, Ezekiel é quase devorado por um agrupamento de walkers. Com a ajuda dos companheiros, que se reúnem para puxá-lo de volta antes que algo pior aconteça, ele é recompensado por um beijo de Carol. Os shippers podem ficar eufóricos: é possível que algo grande se desenrole daí, já que Ezekiel chega a falar em casamento neste mesmo episódio. Vamos ver para onde isso vai.

No retorno para casa, problemas: há uma ponte quebrada e muitos zumbis no caminho. Na tentativa de salvar um dos cavalos que conduzia a carruagem, o jovem adolescente Ken, de Hilltop, é mordido por um dos walkers e acaba morrendo. Seu corpo é levado de volta para a família que, enfurecida, não consegue entender a razão pela qual um menino tão novo teve que morrer. A raiva de Tammy, mãe de Ken, demonstra que a posição de Rick enquanto líder está sendo questionada (e que este movimento possivelmente irá crescer).

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

Aproveitando-se do momento, Gregory entra em contato com a família, que está em profundo luta, e convence o patriarca a assassinar Maggie. Depois de um rendez-vous, a sobrevivente vai até Gregory e, após ser quase atingida por ele com uma faca, consegue rendê-lo.

Tudo isso culmina em um enforcamento em praça pública. Maggie, visivelmente mais autoritária e querendo ser reconhecida enquanto líder, é quem coordena o castigo.  Muitas questões podem ser levantadas a partir disso; cabe ao espectador fazer um julgamento.

Olhando o episódio como um todo, o que nos parece mais claro é o seguinte: este é realmente um recomeço. As personagens estão mudando, a linha da história vai mudar e novos dramas estão aparecendo.

A certeza de que Rick sairá da trama, uma vez que o seu intérprete avisou que esta será a sua última trama, faz com que comecemos a pensar sobre possíveis rumos para o personagem. Será que morrerá? Para onde irá? Quem levará consigo?

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

The Walking Dead. Foto: Divulgação/FOX

Teorias de conspiração são bem-vindas. Qual é a sua?

** O Portal PopNow foj convidado pela FOX do Brasil (e sua assessoria) para assistir aos primeiros episódios da série em primeira mão.

 

 

The Walking Dead: recomeço?
To Top