Séries

The Good Place: Aquela série gostosa de se ver

Bem, estou há uns dias pensando em como começar a escrever sobre The Good Place. A série estrou na Netflix tem pouco tempo e foi criada por Michael Schur. Michael, por sinal tem o dedo em várias séries famosas, tais como: Saturday Night Live (escritor), The Office (co-produtor), Parks and Recreation (co-criador), Brookly Nine Nine (criador) e Master of None (co-produtor).


A série retrata a história de Eleanor (Kristen Bell) que, após morrer, vai parar no “lugar Bom” o lugar para onde vão todas as pessoas que fizeram o bem em suas vidas. Lá ela é recebida por Michael (Ted Danson), o arquiteto do lugar. Lá Eleanor é levada para a casa dos seus sonhos e conhece a sua alma gêmea, Chidi (William Jackson Harper).
O problema é, Eleanor está no lugar errado. A verdadeira Eleanor, uma advogada que dedicou a vida para causas humanitárias, foi parar no “lugar ruim”, enquanto a personagem de Bell, uma atendente de telemarketing egoísta tomou seu lugar. Após esse engano, o “Lugar bom” começa a sofrer desequilíbrios e coisas estranhas começam a acontecer (coisas como camarões voadores e crateras).

Os atores dão um show de interpretação e entregam ótimos personagens. Kristen Bell passa realmente a impressão de que Eleanor é uma pessoa detestável, mas que quer melhorar. É impressionante ver como ela vai amadurecendo com o passar dos episódios e não é algo forçado, é natural. Cada episódio se mostra uma lição que a personagem aprende. Ted Danson está em um de seus papeis mais engraçados. O ponto alto da série fica a cargo de Janet (D’Arcy Carden), a assistente robô de Michael. Os atores demonstram química, o que facilita o reconhecimento de cada um deles.

O design da série demonstra como as coisas no “lugar bom” são bem perfeitinhas. Lojas de frozen yogurt em todas as esquinas, mansões gigantestas e muita cor vibrante. Tudo bem agradável aos olhos.
The Good Place é uma série para se assistir sem pretensão de maratonar, é extremamente gostosa de se ver e que trata de assuntos como ética e moral de uma forma não cansativa. Completamente recomendável.

 

The Good Place: Aquela série gostosa de se ver
To Top