PopEntrevista

PopEntrevista: Ryan

Um nome que vamos ouvir muito ainda, Ryan, que está apenas começando sua carreira e se jogando no pop. Um menino de 25 anos, que tem muitos sonhos de ser um cantor muito conhecido pelo trabalho que vai começar a mostrar nesta sexta-feira, 26 com a estreia do seu primeiro single e clipe “Pegando Fogo” em todas as plataformas digitais. E para começar com tudo, escolheu o ritmo reggaetón que está explodindo muito com grandes nomes internacionais como Maluma e J Balvin estourando no mundo e também nas rádios brasileiras.

Leia também: Ryan se lança como nova aposta do Pop nacional

O PopNow bateu um papo bem legal em uma entrevista com Ryan, que falou um pouco sobre seu lançamento no meio musical, fãs, além de sua estratégia para a carreira.

Ryan nos bastidores do clipe “Pegando Fogo”. Foto:Divulgação

Confira a entrevista: 

PopNow: Em meios a tanto ritmos, o que levou você a escolher o ritmo reggaetón?

Ryan:  Não é que estou indo para o reggaetón, o primeiro sucesso é com um batida pop-reggaetón. Estou indo mais para o segmento de pop. É somente a primeira e a segunda música com estilo reggaetón porque ultimamente tenho escutado bastante e tem sido bastante referência para mim esse estilo musical.

PopNow: O que podemos esperar da sua primeira música “Pegando Fogo” que estreia no dia 26?

Ryan: “Pegando Fogo” é minha música de lançamento de trabalho. A gente quis fazer uma pegada bastante caliente  ao mesmo tempo dançante, que caiba nos dois momentos. Quando você está com um paquera, quando também está na balada. Eu garanto que o refrão é bem dançante.

PopNow: Dentre os artistas que hoje fazem sucesso no reggaetón como Maluma, J Balvin e Luis Fonsi, qual você escolheria para fazer um feat? Por que?

Ryan: Com certeza o J Balvin, eu acho ele mais irreverente e não faz a mesma coisa que todo mundo. Ele apresenta um diferencial e cada música que lança com uma pegada diferente, uma inovação e isso me chama atenção.

PopNow:  Você também já anunciou seu segundo single que se chama “Pouca Roupa”. O que está preparando para essa sua segunda música?

Ryan: É mais sensual que “Pegando Fogo”, um clipe que vai fugir um pouco do padrão, uma parada bem diferente do que foi o primeiro. Eu não posso adiantar muita coisa se não vai perder a graça.

PopNow:  E como anda o planejamento para sua carreira?  Já está pensando em fazer seu primeiro álbum, shows?

A gente fez o primeiro clipe que lança nesta sexta-feira, 26, em todas as plataformas digitais. No final desse mês já estou gravando meu segundo clipe, mas primeiro quero ver a reação do público para saber um feedback da galera, se estou indo para o caminho certo, o que as pessoas estão gostando mais. E no segundo momento a estratégia de lançamento de shows é a partir do terceiro single que realmente as pessoas vão entender minha identidade e eu vou poder mostrar isso nos shows. Penso em gravar músicas  aleatórias e só futuramente um disco.

PopNow: O que, na sua opinião, um novo artista precisa para fazer sucesso no Pop?

Ryan:  Não se rotular, não tem que ficar preso em um só ritmo. Fazer o que você gosta e não imitar ninguém, fazer algo que é realmente a sua cara, uma coisa que gosta de fazer e escutar e transmitir isso para as outras pessoas.

PopNow: Qual artista do pop brasileiro você tem de inspiração para o começo de sua carreira que está começando?

Ryan: Eu sou muito eclético, gosto de pop, de sertanejo e de funk, mas do que mais escuto hoje em dia eu gosto muito da Anitta, da IZA e do Luan Santana.

PopNow: Você é um sucesso no Instagram, e conta com quase 90 mil seguidores. Como é isso? Você se considera um “digital influencer”?

Ryan: Não ligo muito para números, eu ligo mais para qualidade, o engajamento da galera que me responde que curte meu trabalho do que os números em si. Não me considero digital influencer apesar de acontecer bastante da galera de querer imitar minhas roupas e meu cabelo. Acho que isso é natural das pessoas que me seguem, mas atualmente estou focado no meu musical e trabalhar bastante meu artístico porque até agora foi muito imagem, a partir de agora é trabalhar minhas músicas, de mim como cantor.

PopNow:  E como tem sido o contato com os fãs?

Ryan: Incrível, essa parte mais agradável de ser uma pessoa conhecida. É você sentir o contato das pessoas que gostam do seu trabalho que torce por você. Eu procuro responder todas as minhas fãs que me procuram via internet e quando me param na rua. Essa é a melhor parte de ser cantor de ter  essa ligação.

PopNow: Você fez uma nova versão para música “Deixe-me ir” do 1 kilo, com uma pegada diferente da original. Como foi fazer?

Ryan: Eu e o pessoal que está comigo trabalhando queria estrear no YouTube para sentir um pouco o público porque até então não tinha postado nada. E não queria entrar já postando clipe meu e como era uma música que estava escutando bastante a gente pensou em fazer alguma coisa mais eletrônica, mais pop, mudar a cara da música e fazer um mini videoclipe para a galera conhecer meu rosto.

PopNow: Como você se vê daqui 5 anos?

Ryan: Eu não gosto de criar expectativas, gosto de deixar rolar, não me limitar e fazer o que me der vontade e vou seguindo assim.

PopNow: Como você definiria o Ryan?

Ryan:  Um novo artista que está chegando no mercado que está trazendo um som bem diferente do que a galera está acostumada de escutar no Brasil. Espero que seja muito sucesso esse trabalho que estamos fazendo com muito carinho para todo público e que a galera procure conhecer meu trabalho e que tem muita coisa vindo por aí.

Ryan nos bastidores do clipe “Pegando Fogo”. Foto:Divulgação

PopEntrevista: Ryan
To Top