UOL HOST: Hospedagem de sites, Loja Virtual, Registro de domínios
Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
Rock in Rio

Pará Pop chega com união de ritmos de um dos estados mais versáteis do país

Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF

Gaby Amarantos, Dona Onete, Jaloo, Fafá de Belém e Lucas Estrela, nomes com bastante peso, conhecidos nacionalmente, com trabalhos consolidados e cheios de história para contar. E a união de tantas realidades e influências foi apresentada em um palco pra lá de especial: o Sunset.

E com leveza e descontração, a apresentação atraiu a atenção do eclético público que movimenta a Cidade do Rock no quarto dia do evento, foram a sintonia para o êxito da apresentação.

PUBLICIDADE

Organizado em uma espécie de setores, Dona Onete abriu a apresentação com muita representatividade. Uma das maiores compositoras do Pará, a matriarca apresenta o “Carimbó“, um dos estilos musicais mais presentes no estado e pouco difundido pelo Brasil. Esse, talvez, foi o grande êxito do inicio do show, já que boa parte das músicas chamou atenção pela diferença na sonoridade.

Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF

Outros grandes nomes também passaram pelo palco Sunset, para alegria de Zé Ricardo, diretor do stage.

“É um orgulho receber o estado do Pará no Rock in Rio” – Zé Ricardo.

Talvez um dos nomes menos conhecidos nesse embalado show, Lucas Estrela foi a segunda atração a subir ao palco. O artista, que foi músico de alguns dos companheiros de apresentação, apostou no tecnobrega e foi aclamado pelo público. O ritmo, difundido no Sudeste, foi abraçado pelo público.

Um dos grandes nomes da música paraense, a incrível Gaby Amarantos foi a terceira personalidade a subir ao palco. Com uma pose de diva e gogó afiado, a rainha do Tecnobrega arrancou suspiros do público apresentando sucessos como “Xirley e “Ex Mai Love.

Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF

Jaloo pode até ser conhecido entre o público mais jovem, já que vem ganhando espaço no cenário com um indieletrônico suave, que caiu no gosto do público. Aos 32 anos, ele está na melhor fase da carreira, e foi o ápice antes da chegada de Fafá de Belém ao palco.

Uma das maiores artistas da história do Pará, Fafá de Belém foi escolhida para fechar a apresentação. Ousando logo na vestimenta, a cantora resolveu fazer um protesto e, ao mesmo tempo um apelo, ao se vestir de índia. Em terra onde latifundiário vira Ministro do Meio Ambiente, a cantora surgiu para descaracterizar o pensamento de que “índio bom é índio morto”, que vem sendo disseminado pelas autoridades do país.

Falando de voz e irreverência, Fafá de Belém está no auge de sua irreverência e não deixa de lado sua voz potente, a quem deve seus maiores sucessos.

Veja a galeria de fotos do show:

  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF
  • Pará Pop. Foto: Divulgação/Diego Padilha/IHF

Veja a setlist do show do Pará Pop:

Setlist Pará Pop. Foto: Divulgação
Setlist Pará Pop. Foto: Divulgação
SHOPPING

Pará Pop chega com união de ritmos de um dos estados mais versáteis do país

To Top