UOL HOST: Hospedagem de sites, Loja Virtual, Registro de domínios
MC Carol. Foto: Divulgação/IHF
Brasil

MC Carol conta como o funk mudou sua vida no For the Cultura – Brasil do TIDAL

Foto: Divulgação/IHF

O TIDAL, plataforma de streaming de música e entretenimento, lança mais um episódio do For the Cultura Brasil, produção original que apresenta entrevistas com artistas sobre carreira, cultura, lançamentos e vida pessoal. A estrela da vez é a funkeira MC Carol, cantora, compositora e ativista, conhecida por unir temáticas sociais e sexualidade com pitadas de humor.

Nascida e criada no Morro do Preventório, em Niterói, Rio de Janeiro, MC Carol sonhava em ser policial, mas sua criatividade a levou para outros caminhos. Apelidada de “Bandida”, a artista ganhou uma disputa de dança em uma festa de comunidade e foi aclamada pelo público, que gritava seu apelido em uníssono. Naquele momento, MC Carol decidiu que queria o palco e começou a escrever, “quando fui ver, estava com um caderno com trinta funks”.

MC Carol passou sua infância ouvindo Cartola, Elis Regina, Alcione, Dalva de Oliveira, músicas árabe e turca, forró brega, e muito mais, mostrando que tem um repertório que vai muito além do funk. Com a afirmação “eu nasci feminista”, o empoderamento das mulheres é um tema recorrente em suas composições. Quando pequena, a artista aprendeu o que é machismo ao presenciar uma mulher de sua família ser agredida. Depois disso, decidiu que sua vida seria diferente e constata essa luta em suas músicas.

O mesmo aconteceu com o preconceito racial, tão cedo apresentado na sua vida:

“Senti o racismo muito forte na escola, até que cheguei um dia para o meu avô e falei que estava cansada de ser negra. Meu avô começou a conversar comigo sobre minha cor, meu cabelo, meu corpo… me lembro como se fosse hoje. Ele me disse que não posso me importar com o ódio de ninguém.” – Carol.

Com 15 anos, a cantora não tinha sonhos nem planos e acreditava que a vida não fazia mais sentido. O novo projeto, que resultou em uma mudança completa de vida, a deu motivação para seguir em frente. Como diz MC Carol, “o funk salvou a minha vida”. E hoje, com 25 anos de idade, ela vive um momento incrível em sua carreira e acaba de se apresentar no Rock in Rio 2019.

SHOPPING

MC Carol conta como o funk mudou sua vida no For the Cultura – Brasil do TIDAL

To Top