Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow
Reggaeton

Luis Fonsi encerra a Love + Dance Tour com show romântico no Rio

Foto: PopNow/Daniel Outlander

O cantor porto-riquenho Luis Fonsi encerrou sua primeira vinda ao Brasil, com a turnê “Love + Dance”, em show realizado no Vivo Rio, na região central do Rio, neste domingo, 6. Antes de desembarcar na capital carioca, o músico latino havia passado por São Paulo, 5, e Curitiba, 6.

Luis Fonsi faz show ‘caliente’, com participação de Ivete Sangalo, em São Paulo

O repertório de Fonsi, que tem milhões de seguidores nas redes sociais e recordes de views no YouTube, foi o mesmo das apresentações anteriores, com exceção para música que apresentou com Ivete Sangalo em São Paulo.

No final de março deste ano, o porto-riquenho veio ao Brasil para divulgar seus shows no país e, enquanto estava em São Paulo, o músico conversou com o PopNow e respondeu algumas perguntas nossas, sobre carreira e parceria com a diva pop, Demi Lovato.

O show

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

A última apresentação de Fonsi no Brasil aconteceu no Vivo Rio, no Aterro do Flamengo, neste domingo, 6. Às 20h40, trajando uma jaqueta com brilhos, calça e camisa preta, o cantor e seu corpo de bailarinos – composto por 2 homens e 2 mulheres – subiu ao palco da casa de shows com “Tanto pra Nada”. para um público pequeno, porém barulhento, afinal esta foi a primeira vez que o dono do hit “Despacito” performou em nossas terras, apesar da relativa proximidade entre os países. Muito disso se deve à expansão e ganho de popularidade que a música latina, em especial o reggaeton, teve nos últimos anos no país, com shows de Maluma e J Balvin recentemente.

Quem esperava um show estilo balada, marcado principalmente pelas canções mais ‘calientes’ do artista pode até ter se desapontado com o set, que mesclou entre canções mais românticas e outras dançantes, prevalecendo no fim das contas o romantismo. Tanto que Fonsi fez questão de mencionar os casais que trocavam carinhos e estavam na plateia. “Tem muitos casais aqui? E quantos solteiros?”, brincou, em um dos poucos contatos verbais que teve com o público.

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Na maior parte do tempo, foi música atras de música, para não perder o ritmo do show. Nisso, o ‘timing’ do cantor foi perfeito e ele só interagiu com os fãs no que realmente era necessário e relevante, sem forçar clichês no bate-papo o tempo todo, como é comum de se observar em shows de músicos internacionais nas terras tupiniquins. E nos discursos, espanhol. Em português, apenas alguns “muito obrigados”.

Outro ponto da apresentação que merece ser destacado é a iluminação, que foi um dos elementos cenográficos que mais contou a história desse show, junto com o telão e plano de fundo interativos, que mudavam juntos de acordo com a música apresentada pelo vocalista. Em “Llueve por Dentro”, por exemplo, o fundo do palco se transformou em um cenário todo chuvoso. Em momentos mais agitados da noite, o backgrounds estava alegre, feliz e florido.

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Durante quase toda a apresentação, Fonsi parecia fazer uso de uma base vocal para acompanhá-lo, além de seu backing vocal, que chamou a atenção das pessoas durante “Llueve por Dentro” e “Seven Nation Army”, cover de um clássico do duo norte-americano The White Stripes, já apresentado no apagar das luzes.

Falando em versões de hits, o vocalista de 40 anos fugiu do óbvio na escolha e explorou o rock e a música eletrônica, apresentando “Message in a Bottle”, do The Police, “Shut up and Dance”, do Walk the Moon e “Without You”, collab de Usher com o DJ David Guetta.

“Vamos fazer mais uma, tá bom?”, disse o cantor em tom de piada, para negativa da plateia, que ainda queria ver mais de Luis Fonsi e os principais hits da carreira do músico ainda estavam por vir e não podiam ficar de fora. E não ficaram. Mas antes, entre os maiores sucessos da carreira de Fonsi, teve uma versão cheia de paixão de “No Me Doy por Vencido” e “Aqui estoy yo”, com o violão em mãos.

Bandeiras de Porto Rico e Brasil

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Na plateia, uma bandeira de Porto Rico, assim como na lateral do palco do porto-riquenho, representando as raízes do músico. Ele fez questão de mencionar o fato e reafirmar o orgulho de sua origem.

No bis de “Despacito”, antes de se despedir, Fonsi reverenciou a galera e cobriu o corpo com uma bandeira brasileira, para demonstrar amor ao país que, segundo ele, o acolheu tão bem e, por isso, ele só tem a agradecer a recepção calorosa.

Equipe talentosa ao lado de Fonsi

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Luis Fonsi. Foto: Daniel Outlander/PopNow

Os bailarinos que acompanham Fonsi durante a turnê são todos muito sincronizados com ele nas coreografias, chega a impressionar o público. Além disso, enquanto o balé latino do músico encanta, sua banda dá show de música ao vivo. Não à toa, o artista exaltou o nome de cada um e pediu aplausos para seus parceiros.

Cabe ressaltar que o figurino dos dançarinos, que foi trocado por três vezes, estava impecável e super combinando com cada momento da hora e meia de apresentação.

Veja a galeria de fotos do show: 

Luis Fonsi encerra a Love + Dance Tour com show romântico no Rio
To Top