Brasil

#LollaBR: Cage the Elephant quebra tudo em apresentação no Palco Skol

Matt Shultz/Cage the Elephant. Foto: Camila Cara/M Rossi. Divulgação.

Os norte-americanos do Cage the Elephant estão com tudo!

Pela terceira vez no festival de música Lollapalooza Brasil, os irmãos Shultz (Matt e Brad), acompanhados de Jared Champion, Daniel Tichenor e Nick Bockrath já se sentem de casa em São Paulo. O grupo do Kentucky, que esteve no Brasil em 2012 e 2014, veio ao país desta vez para divulgação da turnê do álbum “Tell Me I’m Pretty”, lançado em 2015. Com 10 anos de estrada, 4 álbuns de estúdio e estatueta do Grammy conquistada por seu mais recente trabalho, não há questionamentos da inclusão do Cage the Elephant como uma das atrações de peso e – sem dúvidas – mais aguardadas do festival.

A energia do grupo é tanta que a cerca de 1h de show passa tão rápido e deixa um gostinho de “quero mais” nas pessoas que os acompanha há muito tempo e também nos recém-admiradores da banda. Mesmo que o tempo seja pouco, o empolgado vocalista faz valer a pena. Se por um lado nos palcos AXE e Perry’s dois DJs comandavam a alegria do público com remixes empolgantes, o rock alternativo do Cage the Elephant não ficou atrás. O palco Skol, aliás, lotou e foi o com maior concentração de público – em sua maioria jovens – por metro dentre os quatro. A explicação é uma só: todos já estavam ansiosos e saudosos em rever a performance de Matt, que é um espetáculo à parte. Presença de palco é quase que uma extensão do cantor de 31 anos, que impressiona por tamanha vitalidade.

Os hits “Cold Cold Cold”, “Trouble”, “Ain’t No Rest For the Wicked”, “Come A Little Closer” e “Shake Me Down” não poderiam faltar no set e foram as mais comemoradas e cantadas a capella por todos. Entre uma música e outra, Matt aproveitava pra interagir com o público puxando palmas, gesticulando ou regendo um coro de vozes durante alguns refrões, pulando e correndo de um lado pro outro, além de fazer o que todo o fã sonha que aconteça em um show de sua banda favorita: ir pra galera (algumas vezes!!) e tirar a blusa – para a alegria das meninas.

O vocalista não parou nem um minuto! Em certo momento, inclusive, ele lembrou um pouco o que o Twenty One Pilots fez no ano passado e subiu numa das estruturas do Lolla para saudar a multidão. Que momento!

Veja quando isso aconteceu abaixo:

Os “ooohs” e a atitude rock ‘n roll clássica do Cage the Elephant prendem a atenção de qualquer um e é simplesmente impossível ficar desanimado nos show dos caras. Os roqueiros, por sua vez, esbanjavam alegria e agradeciam a todo instante, elencando a tarde de sábado no Lolla 2017 como sendo um dos melhores shows da carreira. Não é pra menos, a sintonia entre banda e público foi tão bonita que digo – sem medo de errar – que este show vai ficar marcado no ranking dos “mais empolgantes” do Lollapalooza 2017 – e olha que ainda falta um dia inteiro de apresentações!

Vocês são maravilhosos! Nós somos o Cage the Elephants, é um prazer estar aqui! – Matt Shultz

Veja a galeria de fotos do show: 

Setlist:
1. Cry Baby
2. In One Ear
3. Spiderhead
4. Too Late to Say Goodbye
5. Cold Cold Cold
6. Trouble
7. Ain’t No Rest for the Wicked
8. Mess Around
9. Punchin’ Bag
10. Telescope
11. It’s Just Forever
12. Come a Little Closer
13. Cigarette Daydreams
14. Shake Me Down
15. Teeth

#LollaBR: Cage the Elephant quebra tudo em apresentação no Palco Skol
To Top