Brasil

Delano lança ‘Deus e família’, com DJONGA e Mc Hariel

As rimas do rap ganham espaço no novo single do produtor, cantor, multi-instrumentista, Delano. Em parceria com DJONGA, uma das maiores revelações do rap nacional, e MC Hariel, conhecido por transitar entre o funk e o rap, o artista divulga “Deus e Família”, uma música que, de maneira descontraída, fala dos julgamentos da sociedade para aqueles que ostentam as alegrias da vida e o quanto isso não importa, já que o único julgamento permitido é o de Deus.

“A música começou com o instrumental, queria um timbre de guitarra e encontrei um perfeito. Fiz então, a guitarra, o baixo, o beat e os efeitos e, no total, em 40 minutos já tinha feito o instrumental todo. Mais 15 minutos e a música ficou pronta. A princípio, a música seria só comigo, mas, resolvi convidar o DJONGA, que tem um trabalho que eu gosto muito, ele é de BH também, e a forma como ele coloca rima na música sempre chamou a minha atenção. Em seguida, convidamos o Hariel. Uma música que era para ter um minuto, ficou com quase quatro minutos e meio (risos)”, comenta Delano sobre o lançamento.

Os beats que têm tudo para ficar na cabeça vêm acompanhados de um videoclipe inédito. Ambientado em uma comunidade, o registro coloca uma lupa nos costumes e ações comuns da vida no morro. Dirigido pela Cipó Filmes, o clipe não deixa de fora o cotidiano, do moto táxi à pelada e à roda de truco.

Clique e assista agora ao clipe de “Deus e Família”:

“O clipe foi gravado na Serra, uma comunidade aqui de Belo Horizonte, e levamos 11 horas para gravar tudo. Ambientamos todo o registro em um barzinho que existe na comunidade mesmo. E todos os participantes do clipe, de alguma forma são parte da própria comunidade. Foi muito legal”, diz o artista.

Ter o pé no chão, Delano começa a música já falando da importância de batalhar dia após dia: “na escola da vida aprendi que com humildade e disciplina você é bem recebido em qualquer lugar”. Já MC Hariel, em sua rima, reforça a ideia de que cada um é protagonista da própria história, “eu tô vivendo um longa dirigido por eu mesmo“ e DJONGA, por sua vez, deixa claro que o sucesso só chega para quem batalha, “tava trampando enquanto os boy tava curtindo e hoje meu fim de semana é de quinta a domingo”.

“Com a música finalizada e tudo certinho, ainda achei que faltava alguma coisa, por isso, chamei o DJ W, que já produziu alguns MCs grandes de São Paulo, e mandei o projeto para ele. Ele quem adicionou o arranjo de violino, alguns detalhes do beat, masterizou e devolveu 100% pronta”, finaliza Delano.

Sobre Delano:

Natural de Belo Horizonte, Delano Axel Silva Amaral cresceu em uma família de músicos. Aos 9 anos, começou a tocar cavaquinho na banda de baile de sua mãe, Som de Vinil. Aos 11, ingressou na escola de samba Cidade Jardim e fez apresentações ao lado de Fabinho do Terreiro e Dudu Nicácio, o que o levou a fazer parte também de uma banda de pagode.

Mas foi no funk que Delano ganhou visibilidade nacional. Em janeiro de 2014, Delano lançou “um funk de bobeira e o negócio andou”, como ele mesmo diz. Era o “Baile Da Central PARTE1”, ganhando posteriormente também a parte 2. Este funk é uma homenagem ao evento realizado no Morro das Pedras, na sua cidade natal.

Depois escreveu mais dois funks em referência a outra festa, desta vez no Morro do Papagaio, sendo elas “Baile Dos Ratos” e “Baile da Trancredo”. Os funks, com letras eróticas e ousadas, rodaram pelos bailes das comunidades de BH e Delano começou a se apresentar pela região.

Em 2015, apostando de vez no funk, Delano lançou o “Na Ponta Ela Fica”, hit que conquistou o Brasil e ganhou um videoclipe produzido pelo Canla KondZilla. O clipe alcançou mais de 27 milhões de visualizações em menos cinco meses.

Em 2016, lançou seu primeiro single pela Warner Music Brasil, “Remexe Mexe”, uma mistura de funk com reggeaton. Delano é autodidata curioso estudante da música sempre buscou aprofundar e se aperfeiçoar nos vários instrumentos que toca. Ele avalia que sua experiência como instrumentista valoriza o seu trabalho. “Consigo aproveitar uma certa diversidade que tenho. Aplico diversos ritmos nas músicas”, diz.

Delano lança ‘Deus e família’, com DJONGA e Mc Hariel
To Top