UOL HOST: Hospedagem de sites, Loja Virtual, Registro de domínios
Rock in Rio

Com pose de rockstar, Drake rasga elogios ao Brasil em show histórico

Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)

Líder de reproduções no streaming, a passagem de Drake foi marcada por uma série de críticas. Após boatos de que cancelaria a apresentação no Rock in Rio, caso que foi desmentido posteriormente pela assessoria de imprensa do evento e pela vice-presidente do festival Roberta Medina, o rapper estreou na América Latina sob holofotes. Bom, não todos. Após autorizar a transmissão da apresentação na TV, onde seria reproduzido ao vivo no Multishow, o canadense voltou atrás e, de última hora, decidiu que não permitiria a exibição da apresentação. Logo, produção e mídia ficaram bastante irritados com os vetos do artista. Mas polêmicas a parte, o primeiro show do artista no Brasil foi marcado pela exibição dos maiores hits da carreira em um concerto pra lá de elogiado pelo próprio músico.

Com alguns minutos de atraso, Drake surgiu no palco vestindo uma roupa inteiramente preta. Após vetar que a imprensa fotografasse o show, o artista também proibiu que a famosa tirolesa em frente ao palco estivesse em funcionamento. Dadas determinações, Drake estava apresentado ao público brasileiro: um astro com todas suas nuances.

PUBLICIDADE

Assim como grandes nomes da música mundial, Drake chegou ao Brasil com pose de rockstar. No palco, no entanto, o sentimento foi diferente. Drake dizia estar nervoso e ansioso para a apresentação, rasgando elogios aos fãs ali presentes.

O show

Drake. Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)
Drake. Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)

Em pouco mais de uma hora de show e com 27 músicas na setlist, Drake iniciou a apresentação de forma morna, com faixas que apenas os fãs mais íntimos conheciam. Com uma iluminação escuro e palco extremamente básico, que contava apenas com imagens estáticas no telão e um DJ em uma das laterais, Drake subiu ao palco sob chuva, que foi oscilando entre espaços mais longos e curtos e intensidades diferentes durante toda a performance.

Drake surgiu ao palco ao som de “Started from the Bottom“. A faixa logo foi emendada em “Jumpman” e “Both“, nenhum desses sendo grandes sucessos do artista por aqui. Com início meio morno e iluminação escura, era difícil encontrar o artista e estabelecer qualquer objeto de contato e empatia.

O show foi avançando e, em meio a fogos e fumaça, a apresentação foi caminhando e Drake se conectando com o público. E após quase 10 músicas desconhecidas do público em geral, eis que a primeira eleita, já quase no meio do show, chegou para mudar o rumo da apresentação. “I’m Upset“, um dos lançamentos mais recentes do artista, chegou com coro do público que, logo no início da melodia, já reconheceu a canção. Logo a faixa deu espaço para “Controlla“, grande sucesso de Drake do álbum “Views“, de 2016.

Visivelmente mais descontraído, Drake embalou a emblemática “Work“, parceria com Rihanna, que contou com os vocais originais da artista.

Hits

Drake. Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)
Drake. Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)

Como não podia ser diferente em um show de estreia e de festival, os grandes sucessos da carreira do artista foram os mais esperados pelo público. Faixas como “One Dance” e “Hotline Bling” foram apresentadas de maneira avassaladora, apesar de o artista não ter, de fato, cantado as faixas por completo.

Com “Fake Love” o artista arrancou ainda mais elogios. Sob forte chuva, não se deixou abalar e mostrou interação e conexão com o público.

Não ficaram de fora os maiores sucessos de Drake como “In My Feelings“, do aclamado álbum “Scorpion“, além de “Nice for What” e “No Guindance“, parceria recém-lançada com Chris Brown.

Mensagens

Drake. Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)
Drake. Foto: Reprodução/Instagram (@champagnepapi)

Durante o show, foram diversos os momentos em que Drake parou para conversar com o público. De uma forma mais de cátedra que propriamente como um papo, o artista soltou o verbo falando sobre mensagens de conscientização e disseminando o amor.

Um pouco mais para o fim do show, Drake falou sobre emoções, comentando que a apresentação do Rock in Rio foi, segundo ele, uma das maiores experiências de sua vida.

“Esta noite foi o melhor show que eu fiz na minha vida” – Drake.

Ao final do show, após apresentar o sucesso “God’s Plan“, Drake foi enfático:

“Essa foi a minha primeira apresentação no Brasil, mas não foi a última!” – Drake.

Resta agora saber: será que o público brasileiro conquistou de vez Drake?

Drake Setlist Rock in Rio 2019 2019
SHOPPING

Com pose de rockstar, Drake rasga elogios ao Brasil em show histórico

To Top