UOL HOST: Hospedagem de sites, Loja Virtual, Registro de domínios
Capital Inicial. Foto: Reprodução/Instagram (@capitalinicial)
Rock in Rio

Capital Inicial regressa a clássicos e faz cover de Legião Urbana

Foto: Reprodução/Instagram (@capitalinicial)

A banda brasiliense Capital Inicial abriu as apresentações do palco Mundo nesse segundo fim de semana do Rock in Rio. No vocal, Dinho Ouro Preto comandou o show ao lado de Fê Lemos (baterista), Flávio Lemos (baixista), Yves Passarell (guitarrista), Robledo Silva (tecladista) e Fabiano Carelli (guitarrista).

A plateia esteve empolgada o show inteiro acompanhando Dinho, que em diversos momentos percorreu o palco de ponta a ponta.

PUBLICIDADE

O repertório ainda que cheio de sucessos, foi bastante tradicional e sem grandes surpresas. O grupo abriu com “Tudo Vai Mudar“, lançada no ano passado e a única música mais recente do grupo. Dinho cantava no refrão: “Eu já cansei de esperar. Nada vai me parar“. E não parou  mesmo. Quase um recado a enxurrada de sucessos que viria a seguir.

O Capital Inicial então seguiu com “Depois da Meia Noite“, “Quatro Vezes Você“, “Independência“, Música Urbana” e “Tudo que Vai“. Em “Primeiros Erros“, Dinho trocou umas palavras com o público. 

“Tem algo a respeito dessa musica que parece ser profundamente comovente. Acho que é sobe a possibilidade de você olhar pra trás, poder consertar seus erros, tentar ser uma pessoa melhor. É uma coisa de apelo universal que diz respeito a quase todos nós” – Dinho Ouro Preto.

Em seguida ele pediu pro público cantar junto com ele. Depois de “Não Olhe pra Trás“, o cantor perguntou ao público.

“Se vocês tivessem que escolher qual a melhor banda de rock ‘n’ roll do Brasil, o que vocês diriam? Na minha opinião é o Legião Urbana. É difícil escolher uma música, mas acho que esse é um dos momentos mais inspirados do Renato (Russo)” – Dinho Ouro Preto.

A banda encerrou o show com mais uma sequencia de clássicos: “Fátima“, “Veraneio Vascaína“, “Natasha” e “À Sua Maneira“. Empolgado, Dinho ainda puxou à capela o refrão de “Que País É Esse?“, do Legião Urbana.

SHOPPING

Capital Inicial regressa a clássicos e faz cover de Legião Urbana

To Top